Postado na Categoria:

7 métodos de tortura bastante tensos!

Olá pessoal!

Tudo beleza?

Bom, resolvi escrever sobre esse tipo de assunto por causa de um post que o Lord Vickrayo fez lá no Blog Viiish (Clica aqui para ver).

Ele nem é tão engraçado, mas me deu aquele "OMG COMO NÃO FALEI ISSO AINDA" na minha cabeça!

E por isso o post de hoje é sobre 7 métodos de tortura mais tensos/nojentos/você é louco que já existiram!

Algumas ressalvas antes da Lista: Eu pesquisei em alguns muitos lugares e em listas já feitas em outros lugares sobre torturas e peguei os caras que eu me senti mais incomodado! Então, pode ter mais tortura doente ou pior que essas por ai para você, mas essa foi a minha lista!
Além disso, tem um método de tortura que nunca me saiu da cabeça, mas que foi específico de uma durquesa, e sobre ela eu falarei em um post específico dela! (quando esse post for lançado eu volto aqui e ponho o link, tá?).

A lista não está em ordem tá? Então 1~7 não quer dizer nada, só uma numeração mesmo!

Mas sem mais delongas, vamos a lista!

1 - O berço de Judas



Basicamente, é uma pirâmide sustentada por hastes, onde o acusado sentava na ponta dela (mano, já me deu um negócio só de imaginar) nu. Essa pessoa está acorrentada e segura pelo seu executor, que vai "afrouxando" as correntes devagar ou de forma brusca... vocês já imaginam o que vai acontecendo com a pessoa "escorregando" na ponta da pirâmide, né?

Com isso, as partes baixas da vítima (sendo homem ou mulher) ou o ânus eram rasgados e abertos lentamente.

Não consigo imaginar como deve ser extremamente tenso isso de verdade, na imaginação já fico tenso!

2 - Potro



É uma mesa com buracos. Esses buracos eram amarrados cordas nos membros da pessoa (braços e pernas, amarrando nas partes mais resistentes).

O executor girava uma manivela e essas cordas vão pressionando os membros, cada vez mais, até esmagarem os membros ou quebrarem os ossos dos membros da vítima.

Este foi um método usado na Inquisição Espanhola e criou-se uma "regra": No máximo 5 voltas na manivela para que, caso o condenado fosse inocente, não causasse danos permanentes ao cara...
O mais legal é você criar uma "Regra" para a tortura! A tortura já é uma coisa sem escrúpulos nenhum, e ainda sim achavam que impor um limite iria deixar as coisas melhores!

Ah, não preciso dizer que costumeiramente, essa regra era ignorada pelos carrascos e interrogadores né? Isso é mais que óbvio...

3 - Crucificação



Não! Isso não foi só algo que aconteceu com Jesus na época bíblica. Este método de tortura e execução acontecia de verdade e em outros momentos da história!

O conceito é: O condenado precisa carregar sua própria cruz até o local onde ficaria, sendo açoitado e agredido por todo o caminho, e depois era pregado com os braços abertos e as pernas fechadas na cruz, para morrer do que viesse primeiro: Exaustão, asfixia pela posição que o condenado ficava, ou então não resistência por ficar dias e noites no sol e na chuva.

A verdade é que o método de crucificação é um dos mais violentos, cruéis e humilhantes que já existiram!

4 - Escafismo



Este método é realmente bastante cruel.

Funciona da seguinte forma: O condenado era obrigado a comer muito mel e leite, o suficiente para que ficasse com diarreia.

Depois disso, ele era untado em mel e preso à um barco, todo melado, com cabeça, braços e pernas expostos...

Bom, o resto você já imagina né? Insetos começavam a aparecer (abelhas, mosquitos, vespas e por ai vai) e comiam a pessoa viva! É isso ai, o ser humano não presta!

E de tempos em tempos, alimentavam o coitado com mais leite e mel, para que tivesse mais diarreia ainda. Isso fazia com que a pele da vítima apodrecer vagarosamente, fazendo tudo isso ser cada vez mais horrendo e sofrível!

Não consigo imaginar como que seres humanos pensam essas coisas...

5 - Esmagamento por Elefante



Não preciso explicar muito né? Um método mais de execução que de tortura, mas dado a violência e o fato de ter me deixado com falta de ar, foi o suficiente para estar na minha lista!

Os Persas utilizavam muito este método. Deitava-se o condenado no chão e ordenava-se para um elefante (treinado, para que não hesitasse) pisotear a vítima!

Vocês conseguem imaginar o terror que é deitar e ver uma pata gigante de um elefante no seu peito?

6 - Touro de Bronze



Uma das mais chocantes para mim. Não só pelo método, mas como o processo de tortura é "artesanal".

O criador deste método foi Pirillos, a mando do tirano Akgragas, na Cicília.

É um touro feito de bronze onde há uma abertura para colocar uma pessoa dentro dele. Após colocar a vítima, ele é fechado dentro do touro e é ateado fogo embaixo do touro.

Os narizes do touro são entradas de ar, onde a vítima (que ainda estava viva, detalhe!) precisa conseguir respirar por esses buracos...

O problema é que a fumaça do seu próprio corpo cozinhando dificulta bastante essa atividade. Com isso, o condenado morria cozido e sem ar!

Vocês tem alguma noção disso? E eu que sou muito claustrofóbico... morria sem nem atear fogo embaixo do touro!

Ah! Uma curiosidade sobre este método: O primeiro condenado foi o próprio criador: Pirillos! Você é louco cara...

7 - O quarto branco



Um tipo diferente de tortura, mas que eu imagino ser extremamente cruel.

O quarto branco é um quarto sem portas nem janelas, todinho branco (a vá!), em que o torturado ficava preso.

Só que, tudo que interage com a vítima é branca: Só usa roupas brancas, só come comidas brancas, é tudo branco!! Até os talheres são branco gente!

Além disso, ela não ouve nada do mundo externo.. ou seja: branco e silencioso...

O que acontece? A pessoa enlouquece certamente! Tenta se cortar, se suicidar, o nível de loucura apresentado com esse método é forte e suicídio é comum!


Então galera, foram esses que eu escolhi! Tipos diferentes, métodos diferentes, mas tudo insano demais para eu aceitar que fazem isso com pessoas!

E você quer falar sobre algum outro método? Quer uma parte 2 desse post? A caixa de comentários é de vocês!

Nos vemos no próximo post!

Abraços!